SOBRE O ACERVO VIRTUAL HUBERTO ROHDEN & PIETRO UBALDI

Para os interessados em Filosofia, Ciência, Religião, Espiritismo e afins, o Acervo Virtual Huberto Rohden & Pietro Ubaldi é um blog sem fins lucrativos que disponibiliza uma excelente coletânea de livros, filmes, palestras em áudios e vídeos para o enriquecimento intelectual e moral dos aprendizes sinceros. Todos disponíveis para downloads gratuitos. Cursos, por exemplo, dos professores Huberto Rohden e Pietro Ubaldi estão transcritos para uma melhor absorção de suas exposições filosóficas pois, para todo estudante de boa vontade, são fontes vivas para o esclarecimento e aprofundamento integral. Oásis seguro para uma compreensão universal e imparcial! Não deixe de conhecer, ler, escutar, curtir, e compartilhar conosco suas observações. Bom estudo!

quinta-feira, 22 de novembro de 2012

ALUNOS FILÓSOFOS

Comentário(s)

Por Eronildo Aguiar
Terminada a aula de Filosofia no 9º ano, um aluno me questionou: Professor, o senhor acredita na existência de Deus? Respondi: A pergunta teria que ser modificada viu, Ary? 'Existência' é uma palavra que pode ser entendida como: "Mostrar-se, estar do lado de fora". Desta maneira, não é adequado perguntar sobre Deus existir, pois se Ele corresponder a "algo que está fora" num mostrar-se, Ele seria um efeito, e sendo um efeito, já não seria Deus, pois teria se originado de uma causa. A pergunta mais apropriada, seria: Se Deus é uma realidade (?).... E o Ary, já um pouco impaciente comigo: Certo, professor. Mas, o senhor acredita nesta Realidade? Respondi: Sim. Acredito. Ao que ele retrucou: eu não acredito (tentando finalizar a conversa, ao mesmo tempo que apertava os lábios). Então, fiz uma reflexão em voz alta, para que ele juntamente com o Felipe (que ouvia atentamente) me acompanhassem no raciocínio:

Há algumas possibilidades para responder sobre os objetos concretos percebidos pelos nossos sentidos (Estrelas, o Sol, os Planetas, O Sistema Solar, etc). Se uma Realidade desconhecida, um Princípio Criador não for real,  eles surgiram do nada, e os que não acreditam em Deus estarão certos. Deus não "existirá". Mas, a razão nos diz que, do nada, nada pode surgir... O que é o nada? O nada, nem definido pode ser, porque não é nada. Do nada, nada surge, nem definição! Isso parece lógico, não acham? Uma segunda possibilidade, é a destes objetos terem surgido de uma Causa. Seriam provenientes dessa Realidade Desconhecida. Ou são objetos surgidos do nada, como os que negam o Princípio Criador (Deus) dizem, ou são originados desta Causa que,  embora não se tenha evidências, a razão aceita facilmente. Pergunto: vieram do nada, ou vieram de uma Realidade desconhecida? "Não há efeito sem causa", é um axioma de Ciência. Esta Realidade não é algo (efeito), não é efeito, não é alguém (efeito), não é do mundo da Ciência (humana), mas parece autoevidente, e a razão aceita. O que acham?”

A conversa continuou por mais alguns minutos com  eles (Ary e Felipe), e outros que se mostraram pensativos, e inquietos. Não mais afirmaram nada, mas ficaram pensativos. Enquanto saí, pensando nesses meus alunos filósofos...