SOBRE O ACERVO VIRTUAL HUBERTO ROHDEN & PIETRO UBALDI

Para os interessados em Filosofia, Ciência, Religião, Espiritismo e afins, o Acervo Virtual Huberto Rohden & Pietro Ubaldi é um blog sem fins lucrativos que disponibiliza uma excelente coletânea de livros, filmes, palestras em áudios e vídeos para o enriquecimento intelectual e moral dos aprendizes sinceros. Todos disponíveis para downloads gratuitos. Cursos, por exemplo, dos professores Huberto Rohden e Pietro Ubaldi estão transcritos para uma melhor absorção de suas exposições filosóficas pois, para todo estudante de boa vontade, são fontes vivas para o esclarecimento e aprofundamento integral. Oásis seguro para uma compreensão universal e imparcial! Não deixe de conhecer, ler, escutar, curtir, e compartilhar conosco suas observações. Bom estudo!

terça-feira, 27 de janeiro de 2015

SER BOM E HONESTO

Comentário(s)

O que mais importa nesta vida é tornarem-se bons e honestos os homens de todas as religiões.

Todos, teoricamente, desejariam ser bons e honestos. 

Mas, os homens de todas as religiões querem, antes de tudo, viver, e que vivam também suas esposas e seus filhos. 

É por isso que lutam e, se não são bons e honestos, é porque, para viver, eles se põem a escorchar o próximo. 

Quanto mais o chefe é forte e hábil, melhor sabe ele cumprir o dever de defender sua esposa e filhos, e mais essa família é um carro armado, de assalto e defesa, contra as outras famílias, como cada nação o é contra as outras nações. 

Ora, é evidente que a máxima evangélica do "ama a teu próximo", neste mundo, é totalmente utópica, reduzindo-se a um desejo piedoso, a uma afirmação teórica, a um sentimentalismo mais ou menos hipócrita. 

Mas, então, por que Cristo quis fazer e transmitir essa afirmação? 

Seria Ele, talvez, um sonhador, que não conhecia as condições reais e as exigências de nossa vida? 

Não. Cristo não se colocava fora da realidade da vida, ignorando suas leis e pedindo o impossível. 

Se estas são, inegavelmente, as condições atuais do homem, ainda imerso no plano biológico animal, esse mandamento exprime a lei de um plano biológico mais alto, que o homem terá de atingir e, começando a praticá-lo e a aprender, dessa maneira, uma nova norma de vida, ele deve preparar-se desde agora para entrar naquele plano. 

As leis da vida mudam, relativamente ao grau de evolução que se atingiu. A lei feroz da luta pela seleção do mais forte é lei em nosso plano animal, em que os seres não se conhecem uns aos outros. 

Encontram-se num estado caótico em que o indivíduo está sozinho, com suas forças, contra todos. É lógico que a natureza, a esse nível, premie o mais forte. 

Neste mundo ainda não nasceu o novo homem civilizado do futuro, o homem orgânico das futuras grandes unidades coletivas. 

Esse novo homem colabora com o próximo em suas atividades e, ao invés de colidir com ele, coordena-se; ao invés de tender a destruições mútuas na luta, soma para o bem de todos, com grande vantagem para o bem de cada um. 

(Pietro Ubaldi - Livro: A Lei de Deus)