SOBRE O ACERVO VIRTUAL HUBERTO ROHDEN & PIETRO UBALDI

Para os interessados em Filosofia, Ciência, Religião, Espiritismo e afins, o Acervo Virtual Huberto Rohden & Pietro Ubaldi é um blog sem fins lucrativos que disponibiliza uma excelente coletânea de livros, filmes, palestras em áudios e vídeos para o enriquecimento intelectual e moral dos aprendizes sinceros. Todos disponíveis para downloads gratuitos. Cursos, por exemplo, dos professores Huberto Rohden e Pietro Ubaldi estão transcritos para uma melhor absorção de suas exposições filosóficas pois, para todo estudante de boa vontade, são fontes vivas para o esclarecimento e aprofundamento integral. Oásis seguro para uma compreensão universal e imparcial! Não deixe de conhecer, ler, escutar, curtir, e compartilhar conosco suas observações. Bom estudo!

domingo, 21 de outubro de 2012

OS 60 SEGUNDOS INESQUECÍVEIS

Comentário(s)

Por Eronilldo Aguiar
Dia desses,  numa das turmas que dou aula, no 6 º ano do ensino fundamental II, estava explicando as diferenças entre ser feliz e estar contente, Ser e Estar; ou seja, sobre felicidade constante­­ e contentamento passageiro.

Procurava mostrar aos alunos que os contentamentos ocorrem pela aquisição de algum objeto desejado, e que estas alegrias passageiras se desfazem logo após a perda de interesse pelo objeto conquistado. E que a felicidade, por se tratar de um estado de espírito, era constante.  Foi quando uma das alunas ao fundo levantou a mão. Queria fazer uma pergunta: “Professor, como o Sr. sabe que a felicidade é constante?”

Da posição em que eu me encontrava até chegar a ela para responder foi o que chamei de 60 segundos connections. Enquanto caminhava, tentava encontrar a melhor resposta. Uma que a fizesse compreender, não uma resposta técnica, mas uma que a fizesse encontrar a resposta dentro dela mesma. Assim, não procurei respondê-la de imediato, apenas a questionei:

EU- Francisca, Jesus era um homem feliz ou contente? 

ELA – Feliz.

EU – Você consegue vê-lo infeliz?

ELA – Não.

EU – Então ele era feliz o tempo todo?

ELA – Sim.

EU – A felicidade dele era constante, então?

ELA –  (!)

EU - ...

ELA - Entendi professor... Obrigado.

Situações como estas propiciam uma grata satisfação de dar aula.