SOBRE O ACERVO VIRTUAL HUBERTO ROHDEN & PIETRO UBALDI

Para os interessados em Filosofia, Ciência, Religião, Espiritismo e afins, o Acervo Virtual Huberto Rohden & Pietro Ubaldi é um blog sem fins lucrativos que disponibiliza uma excelente coletânea de livros, filmes, palestras em áudios e vídeos para o enriquecimento intelectual e moral dos aprendizes sinceros. Todos disponíveis para downloads gratuitos. Cursos, por exemplo, dos professores Huberto Rohden e Pietro Ubaldi estão transcritos para uma melhor absorção de suas exposições filosóficas pois, para todo estudante de boa vontade, são fontes vivas para o esclarecimento e aprofundamento integral. Oásis seguro para uma compreensão universal e imparcial! Não deixe de conhecer, ler, escutar, curtir, e compartilhar conosco suas observações. Bom estudo!

sexta-feira, 30 de maio de 2014

O CONHECIMENTO

Comentário(s)

Existem dois tipos de heróis: o herói do medo e o herói da fé. O herói do medo lança-se ao perigo por nada mais ter a perder; o herói da fé busca a aventura por saber que tem tudo a ganhar.

O herói do medo é compelido à luta pelo desespero, o herói da fé é impelido à luta pela própria fé.

O herói do medo atira-se isento de qualquer raciocínio ao perigo, e não sabe se dele sairá vivo ou morto; o herói da fé para além do raciocínio obedece a sua intuição, e lança-se à aventura do Infinito, na certeza absoluta de que nela encontrará a vida.

Não se pode, porém, ignorar o perigo dos últimos passos da atual jornada evolutiva dos ser humano. É verdade que a esta altura estás próximo de Deus ou de uma concepção maior ou mais plena de Deus, mais ainda não estás plenamente realizado, ainda te é possível estacionar, marcar passo, se não fores suficientemente corajoso e fiel a ti mesmo; ainda te é possível confiar mais nos teus artificialismos do que na tua divindade interior. Se assim procederes, não verás a Canaã de teus sonhos, tua auto-realização será indefinidamente adiada, e sua conquista exigirá de ti mais esforços, mais trabalho, mais sofrimento.

Nesse instante supremo de nosso trânsito, de nossa jornada rumo ao super-homem, mais do que nunca é necessário que confiemos e ousemos.

Só os que confiam, ousam, só os que ousam, vencem.

Delfos 
(Livro: O Canto da Vida)