SOBRE O ACERVO VIRTUAL HUBERTO ROHDEN & PIETRO UBALDI

Para os interessados em Filosofia, Ciência, Religião, Espiritismo e afins, o Acervo Virtual Huberto Rohden & Pietro Ubaldi é um blog sem fins lucrativos que disponibiliza uma excelente coletânea de livros, filmes, palestras em áudios e vídeos para o enriquecimento intelectual e moral dos aprendizes sinceros. Todos disponíveis para downloads gratuitos. Cursos, por exemplo, dos professores Huberto Rohden e Pietro Ubaldi estão transcritos para uma melhor absorção de suas exposições filosóficas pois, para todo estudante de boa vontade, são fontes vivas para o esclarecimento e aprofundamento integral. Oásis seguro para uma compreensão universal e imparcial! Não deixe de conhecer, ler, escutar, curtir, e compartilhar conosco suas observações. Bom estudo!

sexta-feira, 7 de março de 2014

APROVEITAR A VIDA

Comentário(s)

Por Aloísio Wagner

Há uma expressão popular que diz: "É preciso aproveitar a vida!" Mas, o que seria este "aproveitar a vida"?

Muitas pessoas entendem o aproveitar com o fazer o que se quer, sem medos, sem culpas, sem receios, sem limites, sem "portas fechadas".  Mas, de onde vem este "querer"?  O que são os nossos desejos? Uma liberdade em ação, sem consciência e equilíbrio com as leis da vida, pode nos conduzir à felicidade? Quando seguimos os impulsos de nossos instintos somos livres ou somos escravos dele?

Nossos desejos geralmente têm suas raízes em nossos instintos, que nos conduz cegamente para a realização dos mesmos, atendendo uma necessidade de sobrevivência material, mas que os homens em geral se escravizam no ato do prazer. Mas qual é a finalidade da existência material? Comer, beber, conforto, sexo, viajar, status, distrações, brincadeiras, trabalho, conquistas? Não há como negar estas necessidades, mas enquanto elas exercem um poder sobre nós somos escravos delas, e não senhores de nosso destino. Somos como uma carroça com cavalos sem condutor, entregue aos instintos, dirigido para um abismo qualquer, de dor e de sofrimento.

Instinto é uma realidade profunda, mas que atende a uma necessidade básica da vida: Existência física! Mas somos somente "entes" físicos? Nossas emoções e pensamentos estão também atreladas a esta força telúrica que nos "impõe" certas reações, que nos comanda, que nos limita. Contudo, além dos pensamentos e das emoções há um campo da consciência a ser conhecido e revelado, e que é uma parte do nosso inconsciente, e que alguns mestres chamam de super-consciente. Nele há uma força especial, porque dotado de uma sabedoria mais ampla e completa em relação à existência. Nele há uma luz e sabedoria que nos mostra uma nova percepção e finalidade da vida. Nele há uma doçura e leveza que faz de nossas mais amargas experiências e provações uma aceitação ativa que transpõe os limites do concebível, entregando-se nos braços do Amor.

Amigo(a), não se contente com aquilo que você faz; busque sempre entender e intuir pra onde tudo encaminha. A vida não pode parar ali, onde termina as nossas sensações de prazer, seja ela qual for.  Estas sensações passam, e a vida deixará num fundo do copo o "nada", o "vazio" da não-realização de nossa consciência. Nosso Eu mais profundo, o espírito que somos, essa essência divina, segue outros objetivos e anseios, e quer se revelar, quer ser perceptivo, diferentes dos instintos que se limitam à vida física; é preciso conhecê-lo! É preciso desbravar a floresta escura da mente e dos pensamentos e transpor para outras regiões internas de luz e de paz que jazem no fundo de nós! É preciso diariamente auscultar e investigar nosso interior! É preciso silenciar nossos pensamentos e emoções para "ouvir" a Voz que nos fala, quando nos colocamos aptos para escutá-la!

Seguir esta luz interior nos faz assumir outra postura perante a existência, onde se pode trabalhar e participar de todos os embates da vida, mas com um olhar renovado, com os braços e pernas sabendo "o quê fazer" e "como fazer"; com o coração revigorado e alimentado, pela presença do Pai, que nos faz uno com Ele, e com todas as suas criaturas!